Por que alguém escolheria mudar seu padrão de vida para pior?

Citando um historiador, diz Sowell:

Havia, certamente, muitos trabalhadores nessa condição [de pobreza] nos primeiros anos do capitalismo, mas não ocorreu ao historiador em questão, assim como não ocorre à maioria dos intelectuais, mostrar que foi o capitalismo que criou tal pobreza. Se, de fato, esses trabalhadores eram mais prósperos antes do capitalismo, então não apenas esse fato necessitaria ser demonstrado, mas, sobretudo, teria que ser explicado o motivo pelo qual esses trabalhadores renunciaram a esse padrão de vida anterior, supostamente mais próspero, para trabalhar por menos para o capitalismo. [Sowell, T. Os Intelectuais e a Sociedade, É Realizações Editora, 2011, p.86]

O dever de casa que muita gente não faz está bem colocado neste trecho. Há tentativas de explicações na literatura, mas, convenhamos, muitas são de péssima qualidade, extremamente não-científicas, pobres em verificações empíricas…e mesmo assim são vendidas às crianças e adolescentes como “verdade”.

Exprimente falar em “espírito crítico” com esta gente e eles lhe dirão que “crítico” é “sinônimo de boa qualidade” APENAS quando você critica autores como Sowell. Seria este o espírito crítico que você gostaria de ter?