Banco no celular

Eis uma breve análise da situação mundial. Breve e didática.

Uma única observação: para mim, o calcanhar de Aquiles que impede a disseminação deste tipo de serviço bancário é a segurança das redes. Como sempre, o baixo nível do capital humano é um obstáculo. Talvez devêssemos conversar com gente da área de Ciência da Computação (ou qualquer um de seus apelidos mais ou menos nobres: Tecnologia da Informação, Tecnologia de Redes, etc) para ver o que eles acham.

Se eu pudesse fazer uma entrevista, escolheria alguém daqui.

About these ads

3 comentários sobre “Banco no celular

  1. Oi Claudio, o Kenji me pediu para comentar aqui.

    Eu discordo, dada a capacidade de processamento dos celulares atuais, não há protocolo de segurança que esteja fora do alcance destes equipamentos. E se pensarmos que existem milhões de variantes de vírus para desktops e apenas algumas poucas para celulares, podemos até considerar os celulares (ainda) seguros para operações bancárias.

    É claro que tem o problema de roubo/perda, mas isso é bastante comum com notebooks também.

    Eu acho que o acesso abancos por celular nao deslancha por causa de problemas de usabilidade e pela falta de vontade dos bancos de arcarem com mais plataformas de acesso (e terem de dar suporte a usuários de n marcas e modelos de telefones).

    Inté,

    Lucas

  2. Lucas

    Então vc acha que o entrave não é a tecnologia necessária para a implementação da segurança em si, mas a alta heterogeneidade das plataformas de celulares existentes, que implicaria num grande trabalho de suporte por parte dos bancos?

    Supondo que para os bancos PRIME, o acesso a iPhones e Blackberries sejam relevantes (não sei se é), será que suportar 2 ou 3 plataformas principais não seria um bom começo?

    • Oi Kenji,

      isso seria uma decisão de negócio. O BB por exemplo já tem internet banking por celular, usando WAP, que é uma padrão aceito por muitos aparelhos.

      Me lembro de ter visto alguma propaganda sobre o uso de iphone em alguns bancos (Bradesco?).

      Ou seja, já existem soluções, que com certeza incorporam os mecanismos de segurança necessários.

      IMHO, a questão de segurança está equacionada, pelo menos num nível equivalente aos desktops. Tem a questão da segurança física, como roubo/furto, sequestros, etc.

      Da minha parte, acho o celular inconveniente pra acessar sites mais complexos, então evito usar o banco via celular por uma questão de comodidade.

      Inté,

      Lucas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s