Ocupar Wall Street para…pedir “bailouts”?

Excelente ponto para pensar a diferença entre o “Tea Party” e o “Ocupar Wall Street”. A ação coletiva tem certa aura de bondade, por ser “popular” e sempre causa um fascínio em alguns apressados analistas. Mas quando se analisa a proposta de um movimento sem se deixar levar pelas paixões políticas, a figura pode mudar. No caso do “Wall Street”, isto tem ficado cada vez mais claro.