Recordando…

Em 17 de agosto de 2005, Hélio Bicudo disse à Veja que a administração da Silva tinha muitos problemas, muitos e sérios. O que aconteceu com ele depois disto?

Pergunta para os leitores: onde está Bicudo? O que é feito de suas denúncias? O Ministro da Justiça mandou investigar? Qual foi o resultado?

Curiosidade de quem nem é muito próximo ao pensamento esquerdista.

p.s. note o tom de alguns comentários no link acima, no qual a denúncia de Bicudo é tida, claro, como um “desserviço às forças da direita” (ou alguma outra coisa do mesmo nível…).

Espetáculo do Crescimento (e a carga tributária óó…)

Em dois anos, políticos que concorrem às eleições de 2008 enriqueceram 46%

O número é a média da evolução patrimonial declarada por 180 integrantes das Câmaras Municipais de capitais dos estados que foram candidatos nas eleições de 2006 e por 255 deputados federais, senadores e deputados estaduais que concorrem a prefeituras e vice-prefeituras.
Considerando-se apenas os vereadores, a média de enriquecimento foi de 41%; a dos senadores e deputados, de 50%.
O levantamento completo pode ser encontrado no endereço http://www.excelencias.org.br/patrimonio-candidatos-2008.pdf
Dos vereadores que foram candidatos em 2006, 15 declararam não possuir bens naquele ano, mas em 2008 atingiram a média de R$ 108 mil cada. Outros nove cujo montante patrimonial era nulo em 2006 repetiram o número em 2008.
Dos 709 vereadores em exercício nas 26 capitais brasileiras, 663 buscam a reeleição ou concorrem aos cargos de prefeito ou vice-prefeito. O patrimônio médio declarado por esses vereadores é de R$ 377 mil.
Tomando-se por base o PIB per capita das regiões metropolitanas das capitais, os vereadores dessas cidades são, em média, 45 vezes mais ricos do que a média da comunidade que representam.
Os dados são recolhidos junto à Justiça Eleitoral e publicados no projeto Excelências, da Transparência Brasil (www.excelencias.org.br), que exibe os perfis políticos de todos os integrantes do Congresso Nacional, das Assembléias Legislativas estaduais e das Câmaras Municipais das capitais brasileiras.

No endereço http://www.excelencias.org.br/@patrimonios.php estão listados todos os parlamentares em exercício no Senado, Câmara dos Deputados, Assembléias Legislativas e Câmaras Municipais de capitais que são candidatos nas eleições deste ano, com seus patrimônios declarados, os bens que declararam em 2006 (para os que foram candidatos naquele ano) e o cálculo de sua evolução patrimonial.

Contato:
Claudio Weber Abramo
Fabiano Angélico
11 3062 3436

O informe é, como se vê, da Transparência Brasil.

Informação: um direito de todos (os abonados)

O Marcelo Soares mostra algo muito estranho na prefeitura de BH. Hipóteses: (a) a coisa é tão bagunçada que fazer um levantamento (que deveria ser de conhecimento público, dada a alegada transparência de alguns políticos) deve ser bem caro; (b) a prefeitura é tão ineficiente que uma informação custa os olhos da cara; (c) trata-se de uma medida administrativa comum, simples e cujo preço…deveria ser relatado ao CADE ou ao Procon.

Foi preciso o Marcelo – que não é de Minas – fazer a observação para que a blogosfera reagisse. Opa, ninguém reagiu ainda, só eu.  Vai ver é pelas mesmas causas mais gerais que ninguém se interessa por suspeitas relações (nem para uma investigaçãozinha) entre terroristas e gente do governo. ^_^

Informações aos alunos (breves)

1. Minha página pessoal (veja minha produção científica lá e também, de forma resumida, aqui)

2. E-books nos quais participei e/ou editei

3. Os links fixos desta página são importantes.

4. Eu na imprensa